Gula: Vício de comer

0
287

5

Conhecida como a atitude de comer em excesso, a gula – considerada um dos “7 pecados capitais”, consiste numa compulsividade alimentar. Mas, o que leva um indivíduo a este descontrole? Acontece que cada decisão que tomamos sobre alimentação é influenciada por forças mentais e fisiológicas que, muitas vezes, estão fora de nossa consciência e controle.

O glutão, ou “comilão”, geralmente apresenta sobrepeso e pode chegar à obesidade. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que a obesidade em todo o mundo mais do que duplicou desde 1980 e que a maioria da população mundial vivem agora em países onde a obesidade e o excesso de peso são responsáveis ​​por mais mortes do que estar abaixo do peso (WHO 2015).

O Transtorno do Comer Compulsivo ou Compulsão Alimentar é tão preocupante quando os transtornos alimentares onde o indivíduo se priva da comida ou utiliza métodos purgativos após comer. É preciso ter consciência que tudo em excesso faz mal! Mas ao contrário dos outros transtornos, o indivíduo que possui compulsão alimentar não está preocupado irracionalmente com o peso e o formato do corpo. Eles apresentam episódios de “voracidade fágica”, semelhantes aos bulímicos, onde tem necessidade de se alimentar compulsivamente, e aí nasce o termo “compulsão alimentar”. O que difere quem sofre de bulimia para o Transtorno do Comer Compulsivo é que, no segundo, não se expele o alimento após a alimentação, uma vez que pacientes com essa compulsão são, em sua grande maioria, obesos. (leia mais no texto do Blog “Compulsão Alimentar”)

Agora, é preciso estar atento. A glutonaria não está restrita apenas aos obesos. Lembre-se que o ato de comer em excesso é sinônimo de gula. Se você tem comido mais do que o necessário, fique atento: você pode estar fora de controle. Geralmente, este desvio alimentar descontrolado é ocasionado por outros fatores, que nada tem a ver com a fome. Pode ser ansiedade, preocupações, insegurança. É preciso identificar os gatilhos que levam à prática da compulsão por comer. Ao nomear o que leva ao descontrole, você poderá encontrar meios de controlar esta “fome”.

A chave para vencer a glutonaria é a motivação por alcançar saúde e qualidade e vida. A prática de exercícios, de meditação, são algumas medidas que vão ajudar você a vencer esta fase. Leia os rótulos dos alimentos, diga não ao fast food, às refeições industrializadas, refrigerantes e todos estes alimentos que não possuem valor nutricional.

Vale seguirmos o conselho do filósofo Sócrates: “coma para viver, não viva para comer”. De preferência ao que chamamos de “comida de verdade”. São aqueles alimentos que devem ser consumidos frescos, não processados, orgânicos. Conheça mais sobre o poder dos alimentos de verdade.

Dr.Barakat

 

SHARE
Previous articleJá treino… Posso comer tudo?
Next articleDr.Barakat: Desafio 30 Dias
A Best Fit foi criada em 2008 com o objetivo de oferecer produtos e artigos diferenciados, de uma maneira diferenciada. Nosso foco, desde o início, foi oferecer artigos esportivos, moda fitness e beachwear com alta qualidade e com a excelência no atendimento, o que só foi possível com a parceria dos melhores fornecedores do mercado e com o desenvolvimento constante de uma equipe comprometida, envolvida e atenta à satisfação do cliente. Oferecemos os melhores produtos, contribuindo para a qualidade de vida por meio das práticas esportivas! Além de uma grande variedade de roupas para fitness e artigos esportivos, a Best Fit tem um atendimento diferenciado, no ritmo do seu treino!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here